Cursos & ConcursosRio Notícias Indica

“O vínculo do KIDS UP com as famílias durante esta pandemia tem sido muito forte”

Diretora de Colégio no Méier destaca a união nos momentos difíceis,  dá dicas e diz que encoraja alunos a vencer obstáculos

O momento de matrícula para a maioria dos pais e responsáveis, muitas vezes é de preocupação, principalmente devido a pandemia, os desafios foram impactantes. Desta forma, buscar o melhor para as crianças torna-se fundamental e a professora Andréia Fróes, diretora do Colégio Kids Up, no Méier, viu momentos em 2020 e 2021 como um grande aprendizado, que reforçaram a união.

– Foram anos desafiadores, mas, como educadores, tudo que a vida nos oferece são oportunidades para crescer.  E a maneira com que nós, escola e famílias, nos unimos, foi muito bonita! Este vínculo foi fundamental para ensinarmos e habituarmos as crianças com as regras de segurança e saúde sanitária. Nós criamos jogos para eles entenderam o porquê daquilo, pois, na verdade temos uma responsabilidade absoluta com a vida – enfatiza a mestra em português e literatura.

A mestra diz que o Kids Up tem um olhar único para cada aluno,
Foto: Rico Albuquerque

“Nossa escola é única para cada necessidade, ou seja, para cada pessoa, para cada ser humano, para cada criança”

Destacando que muitos projetos do ‘Kids U’p buscaram mexer com os sentimentos e emoções de toda família, a professora lembra que a relação de parcerias e possibilidades família/escola criou projetos como “O que vejo da minha janela”. Através de vídeos as pessoas abriam janelas de casa e mostravam o que viam, suas únicas perspectivas naquele momento em 2020. Já neste ano o processo de aproximação tem sido incrementado.

– Durante o ano de 2021 ficou latente a essência da escola, somos como artesãos, por que? Nossa escola é única para cada necessidade, ou seja, para cada pessoa, para cada ser humano, para cada criança, há uma forma de se tratar, ensinar e humanizar. Então fizemos ações levantando um sentimento por mês, trabalhando as emoções de toda a família. Na verdade a infância estava dentro de casa e agora a escola pediu licença para estar ali também – observa Andréia.

????????????????????????????????????

E os desafios continuam em 2022. Segundo a diretora para o KIDS UP inovação e criatividade serão as palavras do próximo ano. A professora Andréia Fróes destaca que saber ser flexível também será fundamental, porque a vida muda, se modifica e as crianças tem que estar preparadas. “A vida inova  a todo momento e temos que nos adaptar. Então nossa escola trabalha o viés prático. Por exemplo, quando fazemos um trabalho voltado para o cinema, durante o processo, os alunos roteirizam, criam cenas, constroem personagens, fazem trilhas sonoras, ou seja, tudo são ferramentas para o aprendizado” – explica

“Não sabemos que mercado de trabalho nossas crianças vão encontrar no futuro, mas sabemos que tipo de pessoas elas precisam ser.”

No entanto um dos maiores temores dos responsáveis na troca de escola é a adaptação. Tudo preocupa. O ambiente, professores, direção, colegas, mas de acordo com  a professora Andreia, no Kids Up tudo acontece naturalmente. Ela vê a adaptação de novos alunos como um processo normal e a criança, o adolescente, percebe isso.

– Ele vê que não está sendo julgado e você como educador deve estar sempre pronto para mediar. Então a escola é acolhedora e quais perguntas fazemos?  O que este aluno precisa? E quais são as estratégias? Então é um foco mais nas necessidades do que nos desejos – ensina.

“A melhor escola para seu filho é aquela que tem o mesmo conjunto de valores que você comunga”

Chegamos ao ponto chave de nossa questão inicial: como escolher a melhor escola para meu filho? Segundo Andréia Fróes pode haver muitas questões que envolvem esta escolha. Porém ela destaca que o importante é lembrar que hoje não sabemos que tipo de mercado de trabalho nossas crianças vão encontrar no futuro, mas sabemos que tipo de pessoas elas precisam ser.

– Como educadora digo que a melhor escola para seu filho é aquela que tem a mesma base filosófica e o mesmo conjunto de valores que você comunga. Como nossa escola trabalha o processo de formação integral, na busca do equilíbrio, de um ser humano melhor, preparado para quaisquer desafios, penso que educar é tirar de dentro o que o outro tem de melhor. Está tudo dentro da criança, como diz Rubem Alves, “o voo não pode ser ensinado” e a gente aqui encoraja o voo – filosofa com propriedade e base de conhecimento a professora Andreia Fróes formada em português e literatura com especializações em educação não formal.

http://www.kidsup.com.br/

(21) 3251 8893

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo