Saúde & Bem Estar

Estou sentindo muita dor, pode ser reumatismo?

Especialista explica como a doença se manifesta e revela mitos e verdades sobre o assunto

O termo conhecido como reumatismo na verdade é um termo genérico utilizado inadvertidamente para representar um um amplo grupo de doenças reumáticas, como a artrite reumatoide, as espondiloartrites, a febre reumática, o lupus eritematoso sistêmico, as miopatias inflamatórias, a esclerodermia, as vasculites, a osteoartrite, a osteoporose, a fibromialgia e os reumatismos de partes moles, como as tendinites e as bursites, dentre tantos outras doenças.

“As doenças reumáticas podem provocar sintomas nos músculos, tendões, ligamentos, ossos e articulações do corpo. Mas, ao contrário do que se pensa, todo o corpo pode ser atingido, o que inclui o cérebro, os rins, a pele, os pulmões e até o coração, como no caso do lúpus eritematoso sistêmico”, evidencia a reumatologista Lilian Porto.

O termo reumatismo causa muita preocupação entre os pacientes. “As pessoas acham que ao serem diagnosticadas com alguma doença desse grupo, vão, necessariamente, apresentar deformações articulares ou vão ficar sem andar, por exemplo. Mas, a verdade é que nem todas as doenças reumatológicas levam a deformidade e a incapacidade física, e, por outro lado, com o diagnóstico precoce e o tratamento adequado, o problema pode se tornar menos grave e a pessoa pode ter uma vida muito próxima do normal”, diz a especialista.
Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 12 milhões de pessoas têm algum tipo de doença reumática, entre elas, as mais comuns são: artrose, fibromialgia, tendinites e bursites, artrite reumatoide e a gota.
As doenças reumáticas acometem indivíduos de todas as idades, desde a infância, como no caso da artrite idiopática juvenil, até idosos, como é o caso da polimialgia reumática e da osteoporose. Porém, essas doenças são mais comuns em mulheres, entre a terceira e quinta décadas de vida. Já a gota e as espondiloartrites são exceções, sendo mais prevalentes nos homens.
Atenção aos sintomas:

A dor nas juntas é o principal sintoma, mas também é possível apresentar inchaço e rigidez das articulções pior no período da manhã. Os sintomas gerais, como febre, perda de peso e cansaço também podem ser encontrados.
Na maioria dos casos, os sintomas são claros. “Dores nas articulações, principalmente por mais de seis semanas, vermelhidão, calor e inchaço nas articulações, dificuldade para movimentar as articulações ao acordar, dores ao esticar os braços sobre a cabeça, dores ao elevar os ombros até tocar o pescoço”, enumera a reumatologista.

A médica chama atenção para a importância de buscar ajuda médica sempre que o paciente apresentar qualquer um dos sintomas. “Um médico reumatologista deve ser consultado, pois quanto antes for encontrado o problema, melhores serão as condições de tratamento e controle da doença reumática diagnosticada”, afirma.
“É importante frisar que se não tratadas corretamente, algumas doenças reumáticas podem gerar complicações graves, e inclusive, comprometer órgãos importantes podendo levar o paciente até mesmo ao óbito”, chama atenção a especialista.
Em casos de doenças reumáticas imunomediadas, podem ser usados medicamentos imunossupressores, para reduzir a resposta imunológica do paciente e diminuir a atividade da doença.
A maioria das doenças reumáticas são crônicas e não têm cura, o que pode afetar a saúde emocional do paciente. “Podem gerar ansiedade e depressão em alguns pacientes, e exigir também o tratamento com medicamentos antidepressivos, ansiolíticos e acompanhamento psicológico”, revela Lilian.

A médica volta a orientar que em caso de qualquer sinal anormal e/ou dor intensa, é necessário procurar um especialista. “A consulta com o especialista é fundamental, pois ele irá avaliar a causa da dor e oferecer o tratamento mais adequado”, finaliza.

Fonte: Lilian Porto, reumatologista da clínica DaMatta Saúde Integral

Imagem: Canva Pro

Mostrar mais

Redação Rio Notícias

O Portal Rio Notícias é um portal onde colhemos o que há de melhor sobre entretenimento, turismo, lazer, gastronomia, música, teatro, shows e eventos pelo Rio de Janeiro e Arredores. E mais ações sociais, esporte, cultura, Saúde, Bem Estar, Moda, Estilo, cuidado com seu Pet e tudo que acontece no Rio, no Brasil e no Mundo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
error: Content is protected !!