Blog do RioGeralTurismo & Lazer

Cristo Redentor: de braços abertos para um mundo com mais energia verde

De braços abertos para um mundo mais sustentável e iluminado, o monumento ao Cristo Redentor foi o cenário de um espetáculo multicolor em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na última terça-feira (6).

O evento integra o calendário de shows da segunda fase do projeto 90 Anos de Luz, fase 2, realizado em uma parceria entre o Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor e a Enel Distribuição Rio por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. O projeto, que nasceu com a proposta de criar iluminações especiais para campanhas culturais de causas relevantes (Novembro Azul e Dia Internacional da Mulher), inaugurou, no ano passado, a nova iluminação do monumento ao Cristo Redentor.

O Dia Mundial do Meio Ambiente é uma data que amplia as discussões sobre questões ligadas a um futuro mais sustentável, como mudanças climáticas, transição energética e hábitos de consumo. Para trazer luz sobre temas como estes, um espetáculo luminotécnico, ao som do grupo Pique Novo e dos cantores Rony Lúcio, do Grupo Tá Na Mente, e Fernando Cury, pôde ser apreciado de diversos pontos do Rio. O evento no Corcovado contou com a presença de integrantes da Academia de Dança Valéria Martins, da Cidade de Deus, de colaboradores da distribuidora e autoridades. O espetáculo foi transmitido ao vivo em live no Instagram @cristoredentoroficial, com apresentação do Padre Omar, reitor do Santuário, e do radialista da rádio FM O Dia, Alan Oliveira.

O projeto da nova iluminação do Cristo Redentor, com equipamentos mais modernos e eficientes, simboliza o compromisso da Enel com a descarbonização e a transição energética. “A Enel trabalha todos os dias por um mundo com menos emissões de carbono, mais sustentável e melhor para todos. Atuamos como parceiros de toda a sociedade nessa jornada”, afirma Anna Paula Pacheco, presidente da Enel Distribuição Rio. O Dia Mundial da Energia, para Anna Paula, também é uma oportunidade de discutir a importância de combater o furto de energia elétrica: “um crime que gera instabilidade no fornecimento e que pesa no bolso de todos os consumidores”, ressalta.

Padre Omar acredita que a tecnologia inserida nas iluminações e projeções aproxima ainda mais as pessoas deste símbolo máximo do país, tornando o Cristo Redentor uma referência turística e humanitária em todo o mundo. “Devemos nos atentar, também, ao momento crítico em que estamos vivendo, com mudanças climáticas e esgotamento de recursos naturais. Para salvar o planeta, é necessária a união de todos”, comenta o sacerdote.

Iluminação com redução de 68% no consumo

Lançada oficialmente em março do ano passado, a primeira fase do projeto 90 Anos de Luz contempla a implantação de um sistema luminotécnico capaz de reduzir em 68% o consumo de energia a partir do uso de novas cores e maior definição da imagem do monumento ao Cristo Redentor. O número de refletores foi reduzido de 280 para 142, mas com um aumento da eficiência luminosa, o que garante maior produção de luminosidade e estabilidade da luz.

Outro recurso utilizado para evitar desperdícios é um software que gerencia os horários para ligar e desligar a iluminação de forma automática. Além disso, a tecnologia LED aplicada é mais sustentável, uma vez que componentes como alumínio e chips eletrônicos podem ser reciclados em mais de 90% da sua composição.

Uma curiosidade histórica: o Cristo Redentor foi iluminado pela primeira vez em 1931 a partir de um impulso elétrico disparado de Roma (a 10 mil quilômetros de distância), onde fica a sede do Grupo Enel.

Sobre a Enel Distribuição Rio

A Enel Distribuição Rio, subsidiária da multinacional italiana Enel, atende 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 3 milhões de clientes atendidos pela companhia. A estratégia de atuação da Enel é baseada no seu Plano de Sustentabilidade e nos compromissos assumidos com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

Fonte: www.turistandonorio.com.br

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo