Notícias

PROGRAMAÇÃO de DEZEMBRO – Trapiche Gamboa


 trapiche3

Terças – 15, 22 e 29 – 20h30 – roda de samba TRAPICHEANDO com convidado em cada noite – Couvert opcional R$10
Quarta – 16/12 – 20h30 – roda-show “SAMBA BUARQUE DE HOLLANDA – a roda viva” (projeto de Mariozinho Lago com os cantores Makley Mattos e Anastácia Ribeiro) – Couvert R$20 (lista amiga R$15)
Quarta – 23/12 – 20h30 – roda de samba do NÉZIO SIMÕES e NEGÃO DA ABOLIÇÃO – Couvert R$20 (lista amiga R$15).
Quarta – 30/12 – 20h30 – roda de samba e jongo com lançamento do CD do cantor LUCIO SANFILIPPO (com convidados) – Couvert R$20 (lista amiga R$15)
Quintas – 10 e 17/12 – 20h30 – roda de samba e jongo do grupo RAZÕES AFRICANAS – Couvert R$18 (lista amiga R$14)
Sexta – 11/12 – 22h30 – roda de samba em homenagem ao aniversário de NOEL ROSA com GALLOTTI convidando os cantores MOYSEIS MARQUES, ALFREDO DEL PENHO E PEDRO MIRANDA – Couvert R$30
Sexta – 18/12 – 22h30 – roda de samba do grupo SAMBA DE FATO convidando o compositor WILSON MOREIRA – Couvert R$30
Sábados – 12 e 26/12 – 22h30 – roda de samba do grupo GALOCANTÔ – Couvert R$25
Sábado – 19/12 – 22h30 – roda de samba do compositor, cavaquinista e cantor SOMBRA – Couvert R$25
Domingo – 20/12 – 18h30 – roda de samba com lançamento do CD de EDUARDO GALLOTTI – Couvert
*Lista amiga pelo e-mail [email protected].br .
 
– TERÇAS-FEIRAS, 15, 22 e 29/dez, às 20h30
Roda de samba – novo projeto TRAPICHEANDO – com convidados em cada noite 
 
O TRAPICHEANDO nasceu em outubro com a proposta de se tornar um ponto de encontro semanal dos sambistas e amantes do gênero, sempre trazendo convidados da nova safra de cantores, compositores e instrumentistas. Assim, em forma de movimento, deseja criar e se manter como um espaço de fomento e promoção das novas composições do samba, entre a obra autoral dos integrantes do grupo e de todos os músicos convidado, promovendo a integração, atualização, criação e confraternização com todos que desejam zelar pela vitalidade do samba tradicional e, enfim, contribuindo com novos passos nesta imensa história da nossa cultura. 
 
É um projeto idealizado pelos músicos (e compositores) Rafael Dos Santos, Pipa Vieira, Roberto Moreno, Jorge Alexandre, Mingo Silva e Marcos Antonio Alcides, em parceria com o Trapiche Gamboa. A estreia em outubro foi com o pé direito. Já participaram os talentosos Leandro Fregonesi, Mingo Silva, Elisa Addor, Marina Iris, Tomaz Miranda, Inácio Rios, Luciano Bom Cabelo, Ciraninho da Portela, João Martins e Rafa de Moraes. Na edição da terça 15, a participação é do compositor, instrumentista e cantor potiguar  ANDRÉ DA MATA, outro grande talento da nova geração do samba que circula pelas veredas cariocas e niteroenses. Com recém lançado CD que contém 13 canções autorais (e com parcerias), além das vozes deMarcelinho Moreira, Mingo Silva, Moyseis Marques e Maria Menezes, André da Mata fortalece a roda do TRAPICHEANDO apresentando seua sambas e outros que todo bamba conhece.
 
Couvert artístico opcional: R$10,00. Livre. A casa abre às 18h30.
 
 
– QUARTA-FEIRA, 16/dez, às 20h30
Roda-show “SAMBA BUARQUE DE HOLLANDA – a roda viva” (projeto de Mariozinho Lago com os cantores Makley Mattos e Anastácia Ribeiro)
 
O poeta, compositor, produtor e diretor cultural Mariozinho Lago e a tradicional casa de samba Trapiche Gamboa apresentam na quarta-feira 16 de dezembro (a partir das 20h30) a última edição do projeto Samba Buarque de Hollanda – a roda viva, uma inédita homenagem ao considerado maior compositor brasileiro, o também sambista Chico Buarque de Hollanda. 
Samba Buarque de Hollanda – a roda viva é uma roda-show, cujo roteiro prioriza as obras das décadas de 1960/70/80, desde o primeiro LP gravado por Chico Buarque. Traz 40 sambas do mestre e é dividido em três blocos que culminam em um grande e animado baile. “Tem mais samba”, “A Rita”, “Roda viva”, “Com açúcar, com afeto”, “Quem te viu, quem te vê”, “A Rosa”, “O que será”, por exemplo, compõem o repertório cantado pelos talentosos capixabas Makley Matos e Anastácia Monteiro, que são acompanhados pelo Grupo Tem Mais Samba, composto pelos exímios instrumentistas Samuel de Oliveira (sax e flauta, ex-“Tira Poeira”), Diego Lima (violão 7 cordas/voz), Phelipe Ornellas (cavaquinho/voz), Jorge Alexandre (percussão/voz) e Rodrigo Reis (percussão/voz).
 
“O projeto já tem mais de 15 anos de espera e nasceu do desejo de homenagear um ídolo. Porém, somente agora com o perfil de roda-show ele parece pleno para estrear. O maior diferencial com relação a outros trabalhos ‘Buarqueanos’ é o foco no sambista Chico Buarque, o que ele efetiva e prioritariamente é, já que a maior parte de sua obra musical é composta de sambas”, esclarece o diretor e roteirista Mario Lago Filho. Além disso, ousa considerar Mariozinho, há a proposta de levar as rodas de samba para além do tradicional, manifestando nesta um perfil de espetáculo, com roteiro amarrado e blocos temáticos. 
 
É um projeto musical inédito e exclusivo no Trapiche Gamboa, que estreou em 18 de outubro e conquistou o público, permanecendo em todas as quartas até 16 de dezembro. Em formato de roda de samba, é imperdível pela responsabilidade de cantar Chico com as vozes destes intérpretes e o som de experientes músicos do samba carioca.
Couvert artístico: R$20 (lista amiga R$15). Livre. A casa abre às 18h30.
 
 
– QUARTA-FEIRA, 23/dez, às 20h30
Roda de samba do NÉZIO SIMÕES e NEGÃO DA ABOLIÇÃO 
 
Roda de samba como as dos antigos terreiros com repertório marcado por sambas de raiz e partido alto, em que os experientes Nezio Simoes e Negão – que já fundaram a participaram de muitas das rodas da cidade há alguns anos – animam as cabrochas e malandros como na época do inesquecível “Samba da Guanabara”. O pagode é quente e sempre um encontro de bambas com o melhor do samba sem poluição, entre os clássicos e os atuais que a boa memória e experiência deles bota na roda. É para quem tem samba nos pés, em edição única no mês.
 
Couvert artístico: R$20 (lista amiga R$15). Livre. A casa abre às 18h30.  
 
 
– QUARTA-FEIRA, 30/dez, às 20h30
Roda de samba e outros ritmos afro-brasileiros do cantor LUCIO SANFILIPPO – lançamento do CD com convidados 
 
O cantor e compositor Lucio Sanfilippo lança seu novo CD “Do Reino da Pedra Miúda” em que canta parte da obra do escritor e compositor Luiz Antonio Simas, entre ijexás, toadas de boi, frevos, muzenza, ponto de macumba, cirandas, samba-enredo, rojões e chulas; realizando uma edição especial da sua grande roda de samba, coco, jongo, ciranda, maracatu, ijexás, aguerés e outras manifestações afro-brasileiras com as quais vem trabalhando durante seus 21 anos de carreira, completados em 20/janeiro. 
 
Sanfilippo  tem três CDs lançados e já realizou, por exemplo, shows em tributo à Velha Guarda da Portela, à Clara Nunes, à Aracy de Almeida, à Nei Lopes e Wilson Moreira. Recebeu por duas vezes, uma em 2004 e outra em 2006, Moção da Câmara Municipal do Rio de Janeiro pelo reconhecimento da importância de seu trabalho com a cultura popular brasileira e pela sua ativa participação no renascimento da Lapa, iniciado em 1997. Suas rodas no Trapiche são sempre memoráveis e emocionantes. Imperdível!
 
Couvert artístico: R$20 (lista amiga até as 16h pelo e-mail [email protected]:R$15). Livre. A casa abre às 18h30
 
 
 
– QUINTA-FEIRA, 17/dez, às 20h30
Tradicional roda de jongo, samba, maracatu e ijexás do grupo “RAZÕES AFRICANAS”
 
Composto pelas cantoras Lazir Sinval, Dely Monteiro e Luiza Marmello (também integrantes do consagrado grupo “Jongo da Serrinha” ao lado da Tia Maria do Jongo), músicos de mão cheia (Marcos Rum, Anderson Vilmar e Marcello Mattos – percussão, Rafael do Cavaco e Fábio Pereira – harmonia) e tambores que já guardam história, o grupo Razões Africanas garante há alguns anos as já tradicionais e contagiantes noites de quinta do Trapiche.
 
Eles promovem uma roda com muito jongo, ijexás, samba, maracatu e canções em língua africana, realizando um resgate e valorização da nossa cultura. É um encontro de vozes, sons e energias que vibram em torno do legado da Mãe África à nossa terra, carregado de encantamento e umbigada! 
 
Couvert artístico: R$18 (lista amiga até as 16h pelo e-mail [email protected]: R$14). Livre. A casa abre às 18h30.
 
 
– SEXTA-FEIRA, 11/dez, às 22h30
Roda de samba em homenagem ao aniversário de NOEL ROSA com EDUARDO GALLOTTI convidando os cantores MOYSEIS MARQUES, ALFREDO DEL PENHO E PEDRO MIRANDA.
 
O cantor, cavaquinista e compositor Eduardo Gallotti presta homenagem ao aniversário de NOEL ROSA (que faria 105 anos se vivo), com sambas do jovem compositor cantados e tocados por ele e pelos também compositores, instrumentistas e cantores que despontam no atual roteiro do samba carioca Pedro Miranda (Samba de Fato), Alfredo Del-Penho e Moyseis Marques. Será uma edição única e exclusiva do Trapiche com a garantia de uma noite com o melhor do samba, tendo no repertório clássicos de ontem e de hoje, além de faixas que a memória incrível do experiente Gallotti resgata.  
 
Gallotti é um importante nome do samba carioca e uma das personalidades que participaram e colaboraram ativamente da revitalização da Lapa, como bairro boêmio carioca, durante a década de 2000. Ele, com seu cavaquinho sempre em punho e sede de samba e boêmia, também fundador de várias rodas de samba tradicionais como a do “Candongueiro”, em Niterói; do “Sobrenatural”, do “Severina”, do bar “Emporium” e a do “Trapiche”, no Rio de Janeiro. 
Couvert artístico: R$30,00. 18 anos. A casa abre às 19h30.
 
 
– SEXTA-FEIRA, 18/dez, às 22h30
Roda de samba do grupo SAMBA DE FATO convidando o compositor WILSON MOREIRA.
 
Os exímios instrumentistas Alfredo Del-Penho (voz e violão de sete cordas), Pedro Amorim (voz e bandolim), Pedro Miranda (voz e pandeiro) e Paulino Dias (voz e percussão) tocam e cantam composições próprias já conhecidas pelo público que os acompanha, assim como consagrados sambas de nossos mestres de todos os tempos. É uma roda que acontece mensalmente e exclusivamente no Trapiche Gamboa e atrai muitos músicos do gênero e os sambistas que prezam pelo “fino repertório do samba”, como “Mil réis” (Candeia), “Leviana” (Zé Ketti), “Formosa” (Vinicius de Moraes), “Menino Deus” e “Pimenteira” (Roque Ferreira), por exemplo, estão sempre presentes. 
 
Neste show, a participação especial é do compositor Wilson Moreira, que naturalmente cantará muitas de suas composições. Mestre Wilson é um dos grandes nomes do nosso samba, pois produziu uma vasta obra em defesa do samba de raiz e da consciência negra, tendo tido como parceiros musicais outros importantes representantes deste estilo, como: Candeia, Nei Lopes, Nelson Cavaquinho, João Nogueira e Zeca Pagodinho. Algumas de suas composições, como “Banho de felicidade”, “Coisa da antiga”, “Goiabada cascão”, “Gostoso veneno”, “Judia de mim” e “Senhora liberdade” foram gravadas por muitos intérpretes, entre eles Alcione, Zezé Motta, Clara Nunes, Beth Carvalho, João Nogueira, Elizeth Cardoso, Zeca Pagodinho, Toque de Prima eRoberto Ribeiro, e muitos dos nomes da atual geração do samba. 
 
Couvert artístico: R$30,00. 18 anos. A casa abre às 19h30.
 
 
– SÁBADOS, 12 e 26/dez, às 22h30
Tradicional roda de samba do grupo GALOCANTÔ
 
Apontado como um dos grandes nomes do samba atual e em vias de lançar seu terceiro CD, o “Pano Verde”, o Galocantô há alguns anos comanda as rodas dos sábados do Trapiche com clássicos de sambistas consagrados, como Noel Rosa, Nei Lopes, Luiz Carlos da Vila, Wilson Moreira, Paulinho da Viola, Paulo César Pinheiro, Toninho Gerais e Trio Calafrio. No repertório também há canções autorais dos dois álbuns do sexteto e alguns sambas-enredo que todos gostamos. O grupo é formado por Marcelo Correia (violão de 7 cordas), Pablo Amaral (cavaco), Léo Costinha (percussão), Lula Matos (percussão) e Jorge André (percussão). 
 
Os shows do Galocantô sempre são uma grande oportunidade para se conhecer o que há de melhor na história do samba, sendo certeza de noite inesquecível.
Couvert artístico: R$25,00. 18 anos. A casa abre às 20h30.
 
 
– SÁBADO, 19/dez, às 22h30
Roda de samba do compositor, cavaquinista e compositor SOMBRA.
 
Ex-integrante do grupo carioca “Fundo de Quintal”, Sombra, cavaquinista e compositor e irmão do cantor e compositor Sombrinha, traz pro Trapiche Gamboa a sua roda com sambas autorais e, claro, de raiz e de partido alto. 
 
Ele tem mais de cem músicas gravadas, algumas sambas por grandes nomes do samba, como Jorge Aragão, Jovelina Pérola Negra, Zeca Pagodinho, Leci Brandão, Almir Guineto (“Na certeza da paz”), Neguinho da Beija-Flor (“Noite de luar”), Beth Carvalho (“Além da razão”, “Meu samba diz”, “Sem ataque, nem defesa”, “Velho marujo”, “Olhos da paixão” e “Tanto querer”),Mauro Diniz (“Sou o que eu sei”), Reinaldo (“Disco de bolero”) e Dorina (“Vidro e rubi”). Entre seus parceiros compositores estão os poetas Aldir Blanc, Paulo César Pinheiro e Luiz Carlos da Vila, Adilson Victor, Arlindo Cruz, Sombrinha, Jotabê e Marquinhos PQD, por exemplo. Em 2010 participou do projeto “Tempero Carioca” no Bar Carioca da Gema, no Rio de Janeiro. 
 
É mais uma roda de samba em edição única no Trapiche, pra malandro e cabrocha nenhuns botarem defeito.
Couvert artístico: R$25,00. 18 anos. A casa abre às 20h30. 
 
 
– DOMINGO, 20/dez, às 18h30
Roda de samba do cantor e cavaquinista EDUARDO GALLOTTI – lançamento do seu CD 
 
O cantor, cavaquinista e compositor Eduardo Gallotti lança CD com a garantia de uma noite com o melhor do samba, tendo no repertório clássicos de ontem e de hoje, além de faixas que a memória incrível do experiente Gallotti resgata.  
 
Gallotti é um importante nome do samba carioca e uma das personalidades que participaram e colaboraram ativamente da revitalização da Lapa, como bairro boêmio carioca, durante a década de 2000. Ele, com seu cavaquinho sempre em punho e sede de samba e boêmia, também fundador de várias rodas de samba tradicionais como a do “Candongueiro”, em Niterói; do “Sobrenatural”, do “Severina”, do bar “Emporium” e a do “Trapiche”, no Rio de Janeiro. No Trapiche, “o samba sempre é forte e o couro comê!
 
18 anos. A casa abre às 19h30.
 
_
 
Sobre a casa “Trapiche Gamboa”:
Situado no berço do samba, na Gamboa, entre a Pedra do Sal, a Ladeira do Valongo e o Largo da Prainha, entre o centro da cidade e o bairro da Saúde, o Trapiche Gamboa é um grande sobrado do século XIX (1857) e foi inaugurado como casa de shows em 2004. Ele se tornou um refúgio para o samba de roda (a mais autêntica forma de música brasileira) e consagrou-se como uma das maiores, mais bonitas e aprazíveis casas (de samba) da cidade. Importantes sambistas já passaram por lá e exímios músicos da nova safra do samba do Rio de Janeiro frequentemente realizam as magistrais rodas da casa.
A arquitetura de 1857 e com pé direito de 13 metros está conservada com piso original e parede de pedra revestida com óleo de baleia. Antes de abrigar a casa de samba, o sobrado era uma oficina mecânica.
Quem é do samba ou quer conhecê-lo melhor e mais de perto, seja carioca ou turista, deve visitar o Trapiche Gamboa, endereço de uma boa combinação de petiscos e de roda de samba como a dos antigos terreiros. No segundo andar, há ainda um mezanino onde é possível bater um papo com menos barulho. Já no terceiro andar, uma varanda oferece ar fresco com um barzinho à disposição. É bem aconchegante e convidativo.
Classificação da casa: durante a semana: livre | sextas e sábados: 18 anos.
Abertura da casa: segunda à quinta: 18h30 | sexta: 19h30 | sábado: 20h30.
Horários dos shows: segunda à quinta: 20h30 | sexta e sábado: 22h30.
Aceita cartões de crédito e débito.
Faz reservas de mesas (tels.: 2516 0868 / 2233 9276 / e-mail:  trapichegamboa@ig.com.br).
Capacidade: 250 pessoas
Rua Sacadura Cabral, 155 – Gamboa (próximo à Praça Mauá, entre a Pça. Mauá e o Hospital dos Servidores)
Tels.: 2516-0868 / 2233 9276
www.trapichegamboa.com
Facebook: https://www.facebook.com/trapichegamboa?fref=ts
Instagram: http://instagram.com/trapichegamboarj/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCV0bChwM5Ba9L_SIblPxbVQ

ra da casa: segunda à quinta: 18h30 | sexta: 19h30 | sábado: 20h30.
Horários dos shows: segunda à quinta: 20h30 | sexta e sábado: 22h30.
Aceita cartões de crédito e débito.
Faz reservas de mesas (tels.: 2516 0868 / 2233 9276 / e-mail:  trapichegamboa@ig.com.br).
Capacidade: 250 pessoas

Rua Sacadura Cabral, 155 – Gamboa (próximo à Praça Mauá, entre a Pça. Mauá e o Hospital dos Servidores)
Tels.: 2516-0868 / 2233 9276
www.trapichegamboa.com
Facebook: https://www.facebook.com/trapichegamboa?fref=ts
Instagram: http://instagram.com/trapichegamboarj/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCV0bChwM5Ba9L_SIblPxbVQ
Mostrar mais

Redação Rio Notícias

O Portal Rio Notícias é um portal onde colhemos o que há de melhor sobre entretenimento, turismo, lazer, gastronomia, música, teatro, shows e eventos pelo Rio de Janeiro e Arredores. E mais ações sociais, esporte, cultura, Saúde, Bem Estar, Moda, Estilo, cuidado com seu Pet e tudo que acontece no Rio, no Brasil e no Mundo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo