Notícias

Pacientes renais lideram campanha na Cinelândia

Associações se unem para conscientizar população na ação  “Vidas Importam: a diálise não pode parar” 

Organizada pela Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante (ABCDT), acontece nesta quarta, 29/08, a partir das 11h, na Cinelândia a campanha: “Vidas Importam: a diálise não pode parar”. Com o objetivo de chamar atenção para a falta crônica de financiamento adequado para a diálise no Brasil, afetando principalmente o acesso dos pacientes SUS ao tratamento, também haverá distribuição de material explicativo sobre os tratamentos, realização de aferição de pressão arterial, teste glicêmico e simulação de hemodiálise.

Apoiando o evento Associação dos Renais e Transplantados do Estado do Rio de Janeiro (Adreterj), através de seu presidente, reforça o caos no SUS que afeta vários milhares.

– Aproximadamente 120 mil pacientes renais sofrem  no país por falta de vagas para realização de hemodiálise, graças a falta assistência do Ministério da Saúde, dos estados e das prefeituras, que também não colaboram. Um tratamento que deveria ser gerenciado pelo governo fica na mão das clinicas privadas, que acabam fazendo o papel do SUS, mas com uma remuneração defasada. Quem sofre somoS nós, pacientes. Precisamos da ajuda da população. Falta de hemodiálise ou tratamento sem qualidade podem levar a morte. Temos várias sugestões para melhorias e o governo precisa nos ouvir – afirma Gilson Nascimento, presidente da Adreterj.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo