FutebolNotícias do Fluminense

Fernando Diniz, do Fluminense, é o novo técnico interino da Seleção Brasileira

Fernando Diniz é o novo treinador interino da Seleção Brasileira, no lugar de Ramon Menezes. Ele vai permanecer no comando do Fluminense e assumirá a Seleção por um ano, durante as Datas Fifa. Sua coletiva de apresentação está marcada para amanhã, às 15 horas (Brasília).

“Fernando Diniz, ele vai conduzir os destinos da Seleção Brasileira durante um ano, e tenho certeza que vai fazer com muita competência como sempre foi peculiar em sua trajetória profissional. Portanto a gente tem convicção. A carreira de Fernando, todo mundo acompanhou, entendeu? Como atleta e também como treinador, ele ali desde quando iniciou, pelo menos eu, acompanhei o trabalho dele a partir do Audax, que foi um trabalho muito competente, um trabalho que deu uma visibilidade muito grande também pra o futebol brasileiro, porque era um modo diferente de treinar os atletas e que saiu de uma mesmice pra situações arrojadas. Eu tenho certeza que todo esse trabalho e a competência que ele tem ele vai aplicar na Seleção Brasileira e que será muito bem recebida por todos os atletas.”, disse o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

“Um sonho pra qualquer um, uma honra enorme poder prestar serviço à Seleção e de fato é uma convocação ainda mais do jeito que aconteceu um trabalho conjunto da CBF com o próprio Fluminense, e eu tenho muita convicção de que a gente tem tudo aí pra pra levar isso adiante e fazer com que dê certo. Na verdade, alguns dos até desses jogadores foram meus jogadores quando mais jovens eu posso citar aqui tem sido convocado que estiveram na Copa do Mundo, no caso, dois que me vem à cabeça o Bruno Guimarães e o Antony, e acompanhei muito assim a o crescimento de toda essa geração. Fui adversário de alguns e outros tantos acabei admirando jogando aqui no Brasil e na Europa então pra mim vai ser motivo de muito orgulho participar disso e procurar ajudá-los de todas as formas possíveis. Sempre o meu objeto de estudo e o meu prazer no futebol é ajudar o jogador a ele colocar pra fora sua inventividade, a sua criatividade, que ele sinta feliz enquanto joga futebol. Isso eu fiz durante a minha carreira inteira, é o que me trouxe aqui, é o que eu vou procurar fazer com esses jogadores, que eles consigam botar pra fora quando a gente tiver trabalhando junto aquilo que eles mais gostam de fazer, que tem muito a ver com aquilo que a gente imagina do futebol brasileiro.”, foram as primeiras palavras de Fernando Diniz como técnico da Seleção.

Mostrar mais

Pedro Carvalho

Mercado da bola, notícias e opiniões!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo