EconomiaInvestimentos

Controle financeiro: jovens investem em planejamento

Pesquisa do Nube mostra tendência crescente de organização nas finanças

Administrar corretamente as finanças é fundamental para conquistar mais qualidade de vida e bem-estar. Contudo, nem todo mundo consegue criar um bom cronograma para fiscalizar seus gastos e ganhos. Nesse sentido, o Nube – Núcleo Brasileiro de Estágios realizou um levantamento em seu site, entre 6 e 17 de fevereiro, contando com a participação de 30.122 jovens de 15 a 29 anos, perguntando: “você tem um bom controle financeiro?”. Os resultados indicam uma tendência.

O planejamento financeiro é crucial para a maior parte dos entrevistados

Conforme a pesquisa, 54,12% fazem as contas para saber quanto tem e só gastam se realmente tiverem o valor equivalente. Segundo Jackeline Barreto, do apoio à consultoria do Nube, existem diversos motivos para isso. “Com controle, conseguimos ter liberdade de realizar nossos desejos, sem aquela preocupação com a falta de dinheiro ou o aperto no final do mês”, afirma.

Como o próprio termo já indica, o principal objetivo é mapear os compromissos financeiros na intenção de propiciar o alcance de metas. Dessa forma, é possível organizar o capital para ser utilizado da melhor maneira, evitando gastos desnecessários e descomedidos.

Esse também é um hábito de 24,41% dos respondentes, os quais afirmaram sempre se organizarem com planilhas para saber quanto tem e se podem adquirir uma nova mercadoria. Para Jackeline, essa metodologia também funciona. “Eu utilizo o Excel para colocar todas as minhas despesas fixas (de cada mês), faço a soma dos valores e subtraio do meu salário. Dele, não poderei contar com X reais”, explica.

Na prática, é como uma agenda para você ter clareza sobre sua renda, apontando alternativas para a economia. “Dentro do montante restante, eu separo em três categorias: emergência (guardo para o futuro), lazer e imprevistos”, comenta Jackeline.

Assim, quem se estabelece de maneira organizada consegue evitar dívidas e ficar mais próximo de seus sonhos, bem como começar a investir para render ainda mais lucro. Essa educação é essencial para proporcionar uma trajetória mais tranquila e satisfatória, permitindo lidar com acidentes sem ser imprudente. Em uma soma de ambas as escolhas, 78,53% preferem a opção do controle monetário.

A educação financeira é imprescindível para quem quer ter sucesso no dia a dia

Segundo 18,91% dos participantes, essa gestão é um desafio. Para eles, depende muito, pois procuram se controlar, mas de vez em quando, acabam deslizando. Contudo, a forma como lidamos com as finanças vai além das questões racionais e perpassa por vários episódios emocionais. Desse modo, quando esses consumidores sentem desejo de algo, projetam a felicidade no objeto e se veem refém de comprá-lo para ter satisfação.

Esse é o caso dos 2,55% restantes, os quais responderam: sempre torro tudo e depois fico no vermelho. Entretanto, essa responsabilidade tem juros no cartão de crédito e boletos especiais como consequência. Por isso, é preciso estar atento desde o momento do anseio pelo produto ou serviço.

Para Jackeline, um bom plano é cheio de benefícios. “O principal é a independência financeira, claro. Porém, também abre portas para várias conquistas pessoais. Mesmo sendo pouco, juntando o mínimo possível, consegui dar uma boa entrada e comprar um apartamento”, ela exemplifica. Inclusive, essa máxima lembra um ditado: “de grão em grão, a galinha enche o papo”.

Quais as dicas para quem quer começar um planejamento financeiro?

Primeiramente, é preciso entender: ninguém nasce sabendo administrar dinheiro. Por isso, é essencial estar em constante estudo e não desistir se falhar, pois é comum errar no começo. Contudo, sempre busque compreender a motivação para realizar essa gestão e como isso proporcionará novos triunfos.

Todavia, Jackeline separou algumas dicas. Veja: “eu utilizo planilha, porém existem vários aplicativos para auxiliar nesse objetivo. Também tento evitar gastos desnecessários, principalmente aqueles com grande chance de arrependimento. Por fim, sigo a meta de todo mês comprar algo muito desejado. Assim, tenho a sensação de estar economizando, mas também cuidando de mim”, finaliza.

Fonte: Jackeline Barreto, apoio à consultoria do Nube

Serviço: Controle financeiro: jovens investem em planejamento

Sobre o Nube

Desde 1998 no mercado, o Nube oferece vagas de estágio e aprendizagem em todo o país. Possui mais de 15 mil empresas clientes, 22 mil instituições de ensino conveniadas no Brasil e já colocou mais de 1,2 milhão de estagiários e 50 mil aprendizes no mercado de trabalho. Também administra toda a parte legal e realiza o acompanhamento do estagiário e aprendiz por meio de relatórios de atividades.

Anualmente, são realizadas 25 milhões de mensagens multi canais e encaminhados 1,2 milhão de candidatos. O banco de dados conta com 6,9 milhões de jovens cadastrados e todos podem concorrer, gratuitamente, às milhares de oportunidades oferecidas mensalmente. Para facilitar a vida dos cadastrados, foi desenvolvido um aplicativo disponível na Apple Store e Play Store.

O Nube também está presente nas principais redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin, Vimeo e YouTube. Com a TV Nube, oferece conteúdos voltados à empregabilidade, dicas de processos seletivos, currículos, formação profissional, entre outros. O cadastro é gratuito e pode ser feito no site www.nube.com.br.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo